62 3236-6111
Rua 134 nº 50 St Sul Goiânia - GO CEP: 74.080-015

Compra de apartamento decorado é opção para quem busca praticidade

Cliente pode economizar pelo menos 20% com a aquisição, diz designer.
Proposta é que o imóvel esteja pronto para morar e com tudo funcionando.

Lorena Gasel não mudou nada do apartamento decorado, em Goiânia, Goiás (Foto: Paula Resende/ G1)
Lorena Gasel se apaixonou por apartamento decorado, em Goiânia (Foto: Paula Resende/ G1)

A compra de apartamentos decorados das construtoras é uma tendência no mercado imobiliário em Goiânia. A ideia é que os proprietários não se preocupem com nada, já que o imóvel conta com móveis, eletrodomésticos e sistemas de refrigeração, iluminação e acústica funcionando. Além de economizar o tempo do cliente, a aquisição pode sair por um valor pelo menos 20% mais baixo do que se decorar um imóvel separadamente.

O casal de advogados Lorena Miranda Centeno Gasel e Guilherme Artur Gasel Martins, ambos 33 anos, optaram por comprar o decorado de um prédio no Setor Bueno. Apaixonados pelo imóvel, eles garantem que não veem nenhum ponto negativo.

“Fizemos uma economia muito grande de tempo, dinheiro, em todos os aspectos. Não tivemos estresse, dor de cabeça, estamos em um lugar melhor do que estaríamos se fossemos fazer e gastando muito menos. Não mudamos absolutamente nada. Eu tenho um apartamento dos sonhos, amo chegar em casa”, declarou Lorena ao G1.

Casados desde 2010, eles já tinham tido problemas com duas reformas anteriores, sendo uma no primeiro apartamento e outra no escritório de advocacia do casal. Na segunda obra, Lorena conta que o trabalho demorou mais do que o dobro do previsto.

“Foi uma das experiências mais doloridas. A gente contratou arquiteto e engenheiro e a previsão era de seis meses, mas durou treze. Eu fiquei sofrendo o dobro do tempo. A dificuldade grande que eu tinha era com prestador de serviço, tem prestador que fica de ir e não vai”, relata Lorena.

Designer de interiores há 15 anos, Jacqueline Adorno afirma que é complicado gerir uma obra para quem não tem experiência na área. Além do que, é preciso dispensar tempo para coordenar o serviço e a equipe.

“Em média, a gente trabalha com 25 tipos de prestadores, como instaladores de gesso e marceneiro. Você imagina uma pessoa coordenar tudo isso quando ela não tem essa prática? Tem a questão também de não saber se terá um resultado satisfatório”, disse ao G1.

Lorena Gasel conta que ganhou tempo e dinheiro ao adquirir um apartamento decorado em Goiânia, Goiás (Foto: Paula Resende/ G1)
Lorena conta que ganhou tempo e dinheiro ao adquirir apartamento decorado (Foto: Paula Resende/ G1)

Econonomia
Outro benefício apontado por Lorena é financeiro. Ela conta que a mãe dela também comprou um apartamento no mesmo prédio e gastou mais do que o dobro que ela para colocar armários e decorar. A advogada conta que comprou o imóvel já decorado por cerca de R$ 650 mil. Em contrapartida, a mãe dela gastou mais de R$ 800 mil.

“O apartamento da minha mãe é muito bom, mas o meu ainda é melhor. Tenho papel de parede em todas as paredes e todos são laváveis, importados. Colocaram coisas bonitas e com qualidade. Minha mãe adorou o projeto no final do dela, mas no meio da obra ela teve que mudar a altura de armário, por exemplo. Essas dores de cabeça de obra eu não tive”, comparou.

Fizemos uma economia muito grande de tempo, dinheiro, em todos os aspectos. Não mudamos absolutamente nada. Eu tenho um apartamento dos sonhos”
Lorena Gasel

Apesar de ser um local de visitação, Lorena afirma que recebeu o apartamento impecável, higienizado e sem nada estragado. Jacqueline explica que o preço melhor é conquistado por causa de favorecimentos que construtora e profissional possuem, pois os itens são de alto padrão.

“Acaba saindo um pouco mais barato, mas não pela depreciação, porque é um apartamento novo, tudo aqui é muito atual, eu diria que é mais pela condição de compra da construtora, como compramos muitos e sempre negociamos a tabela corporativa, acaba que isso tem um ganho de preço. Um sofá eu consigo um preço acessível, que às vezes, se a pessoa fosse comprar, ela pagaria o dobro”, exemplifica Jacqueline.

Designer de interiores Jacqueline Adorno aposta em tons claros, em Goiânia, Goiás (Foto: Paula Resende/ G1)
Jacqueline diz que a varanda é um dos ambientes mais valorizados atualmente (Foto: Paula Resende/ G1)

Decoração “clean”
Para a designer de interiores, o decorado atrai, principalmente, clientes que buscam praticidade e com faixa etária entre 30 e 50 anos. Como no projeto desenvolvido para um empreendimento da Construtora Consciente, Jacqueline afirma que trabalha com uma decoração atemporal.

“Usamos linhas retas, cores claras, privilegiando a funcionalidade dos objetos de decoração, do mobiliário. Não basta ser bonito, tem que ser funcional. Aqui se poderia ter um casal ou um solteiro. A decoração é um pouco atemporal também, prefiro uma decoração contemporânea. Por mais que eu trabalhe decorado, tem que sobrar espaço para que as pessoas consigam se imaginar vivendo aqui”, revelou.

Jacqueline Adorno aposta em tons claros para apartamento decorado no Setor Marista, em Goiânia, Goiás (Foto: Paula Resende/ G1)
Jacqueline aposta em tons claros para apartamento decorado no Setor Marista (Foto: Paula Resende/ G1)

Apesar de o tons claros predominarem, Jacqueline afirma que algumas cores podem ser adotadas. Ela aposta no azul, pois, segundo ela, geralmente agrada a todos os sexos e traz calma.

De acordo com a designer de interiores, a integração entre a sala e a varanda é o que mais chama a atenção dos clientes, seguido pela suíte do casal.

“Hoje você recebe muito mais os amigos na varanda, dependendo no caso. Você tem churrasqueira, adega de vinho, mesa e um sofá para se jogar, que se integra com a sala. Com as varandas cada vez mais envidraçadas, você tem o conforto, a segurança e o aconchego com essa visão de mundo lá fora. E a suíte principal porque é ponto mais alto do romantismo de um imóvel. Eu invisto muito porque o lugar de sonhar é justamente na cama”, conclui.

Apartamento decorado também pode contar com cores, em Goiânia, Goiás (Foto: Paula Resende/ G1)
Designer afirma que azul agrada aos clientes e traz vida ao ambiente  (Foto: Paula Resende/ G1)
Escrito por: Paula Resende, Do G1 GO
Disponível em: http://g1.globo.com/goias/mercado-imobiliario/noticia/2016/07/compra-de-apartamento-decorado-e-opcao-para-quem-busca-praticidade.html