62 3236-6111
Rua 134 nº 50 St Sul Goiânia - GO CEP: 74.080-015

M² em Goiânia é o mais baixo

Média nacional é de R$ 7,6 mil e, na capital, R$ 4,2 mil, segundo FipeZap.
Gerente comercial explica que valor atrai investidores até de outros países.

Resultado de imagem para goiania

O valor do metro quadrado em Goiânia é o segundo mais baixo entre 20 cidades brasileiras, segundo levantamento divulgado neste mês pelo índice FipeZap, desenvolvido em conjunto pela Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe) e pelo portal ZAP Imóveis. Enquanto a média nacional é de R$ 7.619, na capital goiana o preço é R$ 4.261.

Razuk destaca que o preço faz com que os consumidores possam morar bem na capital e gastando menos do que em outras cidades.

“O consumidor tem o privilégio de poder comprar apartamentos confortáveis a preço razoáveis. Por exemplo, em Brasília, no Bairro Noroeste, último do Plano Piloto, vendemos um apartamento de 110 metros quadrados por R$ 1,3 milhão. Aqui, a gente vende pelo mesmo preço um apartamento no Setor Marista de 230 metros quadrados”, exemplificou ao G1.

Investidores internacionais
Gerente comercial de duas incorporadoras em Goiânia, Avelino Júnior explica que o valor do metro quadrado também atrai investidores.

“Mesmo com a área de incorporação com desaceleração muito grande, clientes veem oportunidade de comprar dado ao preço do metro quadrado se comparado a outras regiões do interior de São Paulo, Sul e Nordeste, que têm preço do metro quadrado maior. O pessoal vê como forma de investimento seguro”, explicou.

”O consumidor tem o privilégio de poder comprar apartamentos confortáveis a preço razoáveis”

Diretor de Pesquisa da Ademi,
Fernando Razuk

De acordo com Júnior, o baixo valor do metro quadrado atrai compradores de outros estados e, inclusive, de outros países, como Estados Unidos, Itália e Inglaterra. O gerente comercial acredita que eles representam 10% de quem investe Goiás. “Eles buscam, principalmente, produtos mais compactos, voltados ao aluguel”, afirmou.

Matéria do G1 Goiás goo.gl/VLKhpy